A Plataforma de Construção Sustentável atribuiu à Corticeira Amorim o nível de Ouro, tendo direito ao selo de sustentabilidade. A Plataforma para a Construção Sustentável, enquanto entidade gestora do Cluster Habitat Sustentável em Portugal, lançou uma iniciativa para reconhecer o esforço das entidades e empresas do referido cluster em prol da sustentabilidade.

A Corticeira Amorim baseou a candidatura no vasto portefólio de soluções sustentáveis de cortiça para a área de construção, nas mais-valias que resultam da sua aplicação e também nas grandes potencialidades de aplicação da cortiça no sector da construção.

De destacar que a empresa cumpriu 11 dos 15 critérios de avaliação, a saber:

· Publicar periodicamente relatórios de sustentabilidade
· Desenvolver produtos e serviços com critérios de “eco‐design” baseados em avaliação de ciclo de Vida (ACV)
· Disponibilizar declarações ambientais de produto (DAP)
· Promoção e uso de produtos com “ecolabel” (certificação ambiental de produtos)
· Demonstrar preocupação nos projetos e empreendimentos pela eficiência hídrica, energética e economia de recursos naturais
· Entidade certificada pela NP EN ISO 14001 – Sistema de Gestão Ambiental
· Privilegiar e utilizar critérios ambientais nas compras
· Entidade certificada pela OHSAS 18001/ NP 4397 – Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no trabalho
· Dinamização e participação activa em projectos inovadores orientados pela sustentabilidade
· Indicador económico: [informação sobre Liquidez Geral e Reduzida (notação BP R1 e BP R2), Autonomia Financeira (notação BP R3); EBIDTA (notação BP R18); Solvabilidade Geral (notação BP R5); ou do Rácio Resultados Operacionais/Gastos Financeiros Líquidos]
· Uso de ferramentas de avaliação da sustentabilidade da construção

O mercado dos materiais de construção e de decoração é um dos mais importantes para o sector da cortiça, responsável por cerca de 23% das exportações totais. Para a Corticeira Amorim, a área de construção representa aproximadamente um terço da actividade da empresa, que tem três Unidades de Negócios – Revestimentos, Aglomerados Compósitos e Isolamentos – responsáveis pelo desenvolvimento de produtos e soluções para esta área.

Para Carlos Jesus, da Corticeira Amorim, “esta distinção é mais um reconhecimento do trabalho da Corticeira Amorim no desenvolvimento e na promoção das soluções de cortiça, de real valor acrescentado para o mercado, e da contínua aposta na adopção e reforço de práticas de desenvolvimento sustentável.”

O Selo de Sustentabilidade foi lançado com o objectivo dar com visibilidade às empresas e entidades do cluster Habitat que, tendo por base em critérios rigorosos, demonstrem uma aposta clara na sustentabilidade como mote para a inovação e competitividade. Dada a panóplia de entidades que integram o cluster Habitat e a abrangência do tema da sustentabilidade – que agrega os aspectos ambientais, sociais e económicos – estes critérios são claramente diversificados.

Tagged with →  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Real Cork. Real Wine.

Clique nas imagens e partilhe-as:

say yes to cork