A Associação Portuguesa da Cortiça (Apcor) promoveu, ontem (dia 21/9/2012), a 3ª Gala Anual da Cortiça. Este evento teve lugar no Edifício da Alfândega do Porto, Sala do Arquivo, e pretendeu valorizar e reconhecer a excelência de personalidades e/ou entidades que, nos últimos anos, se destacaram e contribuíram para a promoção, desenvolvimento e crescimento do sector e da fileira da cortiça.

A APCOR elegeu sete categorias de Prémios que distinguiram diferentes áreas do saber. Os premiados foram:

Prémio ConhecimentoBiocant – Centro de Inovação em Biotecnologia, pelo seu trabalho de investigação sobre o genoma do sobreiro;
Prémio Inovação – Amorim Isolamentos, pelo seu produto CorkSorb – capaz de combater derrames de óleo em meios aquáticos;
Prémio Informação – Compete, pelo apoio ao sector da cortiça no desenvolvido do programa InterCork – Promoção Internacional da Cortiça;
Prémio Floresta – Fruticor – Sociedade Agrícola de Frutas e Cortiças, S.A., pelo trabalho desenvolvido em prol do sobreiro, com a primeira certificação Forest Stewardship Council (FSC);
Prémio Revelação – arquitectos Jacques Herzog e Pierre de Meuron, do gabinete Herzog & de Meuron, e o artista plástico, Ai Weiwei, pelo Pavilhão da Serpentine Gallery, 2012;
Prémio Rolha de Cortiça – Organisation Internationale de la Vigne et du Vin (OIV) pela recomendação da rolha de cortiça enquanto produto sustentável;
Prémio Mérito – Assembleia da República, pela elevação do Sobreiro a Árvore Nacional.

20120922-114432.jpg
Para a Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, que deu início ao evento, “a cortiça e o sobreiro fazem parte da economia e da cultura portuguesa e tudo faremos para ajudar no seu desenvolvimento e promoção.”

Para o presidente da Apcor, João Rui Ferreira, “este foi mais um momento de prestígio e de orgulho, uma vez que tivemos a oportunidade de enaltecer sete figuras e entidades de renome nacional e internacional.” “É pois mais uma iniciativa que eleva a cortiça aos mais altos padrões da qualidade e que pretende ser também um incentivo para que as entidades externas ao sector e nas mais diversas áreas continuem a promover e a divulgar a cortiça, a investigar e a informar sobre este produto inigualável.” E terminou: “para o ano iremos continuar a homenagear quem muito fez, quem muito faz e quem muito fará por algo que é parte do nosso desígnio nacional”.

O evento contou com uma forte adesão dos associados da Apcor e de entidades externas ao sector, num total de mais de 260 pessoas. Para o Presidente da Apcor, “a forte participação dos associados revela um espírito de cooperação e coesão na indústria da cortiça, factor que considero decisivo para encarar o futuro”.

O júri da Gala foi constituído pelo presidente da Apcor, João Rui Ferreira, por Helena Pereira, ex-Reitora da Universidade Técnica de Lisboa e professora do Instituto Superior de Agronomia (ISA), e Armando Sevinate Pinto, actual assessor do Presidente da República e ex-ministro da agricultura.

O evento teve o apoio principal da LeasePlan – Comércio e Aluguer de Automóveis e Equipamentos Unipessoal, Lda. – e, ainda, o apoio de Aon Portugal – Corretores de Seguros, S.A.; Bureau Veritas; e NextiraOne Portugal – Soluções e Serviços Integrados de Comunicações, S.A.

Cópia do comunicado de imprensa da APCOR sobre a Gala Anual da Cortiça.

Responder a Anónimo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Real Cork. Real Wine.

Clique nas imagens e partilhe-as:

say yes to cork