Desde o dia 15 de Julho e até ao final do mês de Outubro estará exposta nos jardins do Centro Cultural de Belém (CCB) uma peça do arquitecto Miguel Arruda intitulada “Escultura Habitável”. A peça totalmente revestida com cortiça cedida pela CORTICEIRA AMORIM tem as dimensões 9 x 10 x 5 metros de altura e foi desenvolvida no âmbito da iniciativa CCB Fora de Si, da Bienal de Arte 2010 e projecto associado da Trienal de arquitectura de Lisboa.
Segundo o autor: “A Escultura Habitável assume, ao nível do seu revestimento interno e externo, uma temperatura que, considerando o plano da opacidade, faz da cortiça o material mais apropriado. Efectivamente, a qualidade física da sua superfície externa “casca” e da sua superfície interior “barriga” interpretam de uma forma única aquilo que podemos entender como espaço exterior e espaço interior na arquitectura.”
Depois do pavilhão de Portugal na Expo en Xangai que também é revestido em cortiça este é outro projecto que dá a possibilidade de todos “sentirem a textura da cortiça” e se aperceberem das inúmeras possibilidades ligadas à construção que este material tem…

Para quem não tiver oportunidade de ir até ao CCB ver a obra fica em baixo uma foto panorâmica do interior da escultura para que possam apreciar…

Para ver a foto panorâmica enquanto clica com o rato na mesma arraste-o para cima/baixo e/ou para os lados.

Foto 360º da autoria do Fotógrafo Vasco Casquilho (www.vascocasquilho.com)

Mais informações e fotos aqui:
MetroNews
SuperIndústria
Lapsos de Tempo
Corticeira Amorim Blogspot

Tagged with →  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Real Cork. Real Wine.

Clique nas imagens e partilhe-as:

say yes to cork