Porque nem todos gostam de “provas cegas” a petição “Vinho com informação é opção” defende o direito à opção do consumidor de vinho

É já na próxima 2ª feira que vou entregar as cerca de 11.000 assinaturas da petição a Sua Excelência o Presidente da Assembleia da República, numa audição que acontecerá às 15:00. Aproveito ainda para publicar em baixo o texto da Nota de Imprensa que está a ser divulgada à imprensa sobre este assunto, onde procuramos apresentar as convicções dos peticionários.

O consumidor tem direito à informação sobre qual o tipo de vedante utilizado no vinho que está a comprar ou que vai consumir. Este é o princípio da petição Vinho com Informação é Opção, que conta com 11 mil assinaturas e defende que todos os rótulos de vinho deveriam conter a informação do tipo de vedante seleccionado.
O movimento pretende dar voz à maioria dos consumidores que preferem rolhas de cortiça natural em detrimento de produtos artificiais, garantindo que estes não são surpreendidos quando abrem uma garrafa de vinho.
Cientes das mais-valias ambientais, sociais e económicas associadas à utilização das rolhas de cortiça e à percepção positiva que o vedante natural tem junto dos consumidores de vinho – uma percepção generalizada um pouco por todo mundo e em particular em Portugal – os promotores da petição julgam que esta informação no rótulo se repercutirá numa valorização dos vinhos engarrafados com rolha de cortiça, dada a discriminação positiva que advém da utilização da cortiça.
As rolhas de cortiça são um produto 100% natural e 100% reciclável. Responsável por mais de 70% do valor acrescentado da indústria, a rolha de cortiça é o garante do montado de sobro, um dos ecossistemas mais ricos em biodiversidade do mundo, responsável pela absorção anual de mais de 10 milhões de toneladas de CO2 e um aliado no combate à desertificação ambiental e social.
A preferência por cortiça natural como vedante tem sido constatada um pouco por todo o mundo. De referir, por exemplo, o caso recente de um vinho neo-zelandês que alcançou o estatuto de “sauvignon blanc” mais vendido nos EUA em que o uso da rolha de cortiça foi considerado um factor determinante no sucesso das vendas.
A recolha das 11mil assinaturas da petição, disponível em
www.peticao.ecologicalcork.com, foi realizada online entre o dia 24 de Abril de 2009 e o dia 9 de Abril de 2010, estando agendada a entrega, a Sua Excelência o Presidente da Assembleia da República, para o dia 3 de Maio (às 15:00). O próximo passo será convidar os engarrafadores/ produtores de vinho, retalhistas e comerciantes de vinho a aderirem ao movimento e a promoverem a inserção de mais informação nos rótulos dos vinhos.
A petição tem como primeiro peticionário Pedro António Borges Ferreira, que em menos de um ano conseguiu juntar a esta causa mais de 11 mil consumidores, entre eles alguns bem conhecidos – como Dom Duarte de Bragança e o Presidente do Sporting – José Eduardo Bettencourt.
Concentrando cerca de 33% da área total de montado de sobro, Portugal é líder mundial do sector da cortiça, uma liderança que se traduz numa quota de mercado de 60%, na manutenção de milhares de postos de trabalho e que representa 30% das exportações portuguesas de produtos florestais.

Tagged with →  

2 Responses to 3/Maio – Entrega da Petição a Sua Exc. o Presidente da Assembleia da República

  1. Fernando Baptista diz:

    Bom dia,

    Muitos parabens.
    Este é uma acção que tem imenso valor e significado para a n/ industria.
    Tambem subscrevi a petição.
    Esperamos todos que o assunto não fique “esquecido” no Parlamento. (mas cá estaremos para não o deixar “morrer”)
    Os meus agradecimentos.
    F.Baptista

  2. Caro Pedro,

    Gostava de te deixar publicamente os meus Parabéns.
    Como sabes a CELiege tem lutado arduamente nas diferentes instituições Europeias por este objectivo.

    É bom sentir que não estamos sozinhos e acredito que o Parlamento Português vai unir-se neste objectivo comum de valorizar aquele que é um dos principais embaixadores da cultura Portuguesa… a Cortiça!

    Um Abraço,

    João Rui Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Real Cork. Real Wine.

Clique nas imagens e partilhe-as:

say yes to cork