Celebra-se hoje o dia mundial contra o cancro em mais de 80 países e por isso lembrei-me de recordar aqui um estudo levado a cabo pelo INETI (terminou em 2006) em que foram descobertas novas valências da cortiça neste campo.
Segundo o estudo, os investigadores do INETI demonstraram que quando se dá o contacto entre o vinho e a cortiça, elementos desta reagem com as catequinas existentes no vinho fazendo aparecer, entre outros compostos, um agente anti-tumoral que é cerca de 250 vezes mais potente do que um dos mais corrrentes fármacos anticancerígenos utilizado clinicamente.

Outros estudos têm ao longo do tempo, demonstrado que os polifenóis que passam da cortiça para o vinho têm também efeitos benéficos para a saúde, nomeadamente uma acção anti-oxidante que reduz os riscos cardiovasculares.

Estas são sem dúvida grandes mais valias que a cortiça tem em relação às suas alternativas sintéticas, que muitas das vezes têm os seus materiais base associados a factores prejudiciais para a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Real Cork. Real Wine.

Clique nas imagens e partilhe-as:

say yes to cork